Capa da Publicação

Arrow – Manu Bennett conta como saiu do personagem para entregar uma cena mais verdadeira!

- – O ator direcionou sua fala para Stephen Amell ao invés de Oliver Queen.

Por Mike Sant'Anna → Em uma das falas do trailer da sexta temporada de Arrow, Slade Wilson, interpretado por Manu Bennett diz para Oliver Queen que eles transitam por dois mundos, mas que isso deveria acabar.

Durante o evento da MCM Comic Con em Londres, o ator foi questionado por essa fala em específico, e revelou um significado muito mais profundo do que imaginávamos para esse momento.

“É interessante. Quando eu estava olhando para Stephen quando eu fiz essa cena, eu olhei para Stephen, eu não olhei para Oliver, eu olhei para Stephen Amell. Quando eu fazia a cena, queria encontrar toda a verdade nela possível. ‘Nós andamos em dois mundos, você e eu, mas isso não pode durar para sempre.’ Que afirmação. Que grande declaração a dizer a outro homem. E isso pode significar tantas coisas. Eu não o conheço tão bem, mas eu vi seu feed e coisas do Twitter nos últimos meses, ele estava de férias com seus filhos. E eu tenho três filhas. Como ator, é um mundo de merda. Toda essa fama ou o que quer que seja, não faz sentido, mas temos que viver com ela e ele tem que viver com isso. Eu sei que uma vez que ele foi para o Havaí e ficou em um hotel e ele foi cercado por fãs por todo o lugar que ele teve que sair desse hotel e ir para outro hotel. Eu sei que em sua vida real ele provavelmente luta com essa fama. Então, quando eu disse a ele aquela fala, eu meio que deixei de ser Slade e Oliver. Eu quis que significasse Manu e Stephen Amell, e eu olhei para ele e eu disse a ele: ‘Vivemos em dois mundos, você e eu, mas isso não pode durar para sempre.'”

Realmente, palavras muito fortes. O que você acha dessa declaração de Bennett?

Confira nossa galeria da série abaixo:

Arrow retorna no dia 12 de outubro, na CW.

Fonte: ComicBook.com

Agora que a notícia acabou, aproveita para conferir o vídeo mais novo no nosso canal!

sobre o autor Mike Sant'Anna

Eu sou o melhor no que eu faço, mas o que eu faço... É bem retardado.