Capa da Publicação

O Caminho do Ronin: Sobre o Gavião Arqueiro, Vingadores 4 e uma nova identidade!

- – Nos cinemas, Clint Barton está para passar por uma transformação… mas o que isso significa para o herói?!

Por Gus Fiaux → Tendo aparecido nos cinemas pela primeira vez em Thor, em uma brevíssima participação especial, o Gavião Arqueiro sedimentou sua carreira no Universo Cinematográfico da Marvel, se tornando um dos membros fundadores de Os Vingadores e retornando para sua continuação, Era de Ultron, bem como Capitão América: Guerra Civil. De tudo que sabemos até agora, Clinton “Clint” Barton é um ex-Agente da S.H.I.E.L.D. com uma vida dupla, que esconde sua família em uma casa de campo para que seus vilões e inimigos não possam atingi-la.

Todos sabemos que Vingadores: Guerra Infinita representará o início da culminação desse universo. A trama vai progredir exponencialmente e atingirá seu auge em Vingadores: Ultimatoque deve trazer a última parte do letal conflito dos Heróis Mais Poderosos da Terra contra Thanos, o Titã Louco. E se imagens recentes dos bastidores nos dizem alguma coisa, é que o Gavião Arqueiro, assim como nos quadrinhos, deve assumir outra identidade secreta: O Ronin. 

Mas afinal de contas, quem ou o que é o Ronin?

Resposta curta: Esse é o Ronin (arte de dleoblack)

Nos quadrinhos, Clint Barton tem uma história relativamente diferente dos cinemas. Criado em um circo ao lado de seu irmão mais velho, ele foi aprendiz do Espadachim, que posteriormente seria um inimigo/aliado dos Vingadores. O herói começou sua carreira como aliado da Viúva Negra e inimigo do Homem de Ferro, até finalmente ter se redimido e se juntado ao Capitão América, à Feiticeira Escarlate e ao Mercúrio na segunda formação dos Vingadores.

Ele nunca teve uma família – ao menos, não na Terra-616 -, apesar de já ter sido casado com outra super-heroína, a guerreira Harpia (que você provavelmente conhece de Agentes da S.H.I.E.L.D.), mas a Mansão dos Vingadores sempre foi como um lar para ele, ainda que vez ou outra alguns atritos entre a equipe o deixassem desnorteado. Porém, tudo mudou com Vingadores: A Queda. 

No título, a Feiticeira Escarlate enlouqueceu, destruindo a equipe e matando importantes membros do grupo, dentre os quais, Clint Barton. Óbvio que Wanda Maximoff não tinha a intenção real de fazer isso, e após a Dinastia M, uma vez que ela restaura a realidade e dizima a raça mutante, a personagem faz questão de ressuscitar o Gavião Arqueiro, que fica confuso em meio a esses acontecimentos.

O mundo sem Clint havia mudado de forma bem peculiar. Uma heroína chamada Kate Bishop estava se auto-proclamando Gaviã Arqueira enquanto lutava ao lado dos Jovens Vingadores. Os Heróis Mais Poderosos da Terra ainda estavam fragmentados. E para piorar, não demorou para começar a Guerra Civil, que resultou na morte de um dos maiores heróis de todos os tempos: o Capitão América. 

Por ainda se manter nas sombras, sem tomar uma atitude heroica, Clint foi sondado pelo Homem de Ferro, que queria que ele assumisse o manto de Steve Rogers. Indignado com a falta de sensibilidade de Tony Stark, Clint recusou a oferta.

Percebendo a divisão do mundo heroico após a Lei do Registro do Super-Humanos, Clint decidiu tomar uma posição. Ele logo se juntou aos Novos Vingadores – os heróis foragidos e foras-da-lei – assumindo a identidade de Ronin. Dessa forma, ele respeitava Kate Bishop enquanto ela usava o título de Gaviã e mudava sua própria identidade para não ser perseguido pelos Poderosos Vingadores, defensores da Lei do Registro.

Como Ronin, Clint deixou de lado – na maior parte das vezes – o arco e as flechas, assumindo outras armas brancas, como espadas, bastões, shurikens e facas, além de uma armadura mais resistente. E nesse perfil, ele agiu durante grandes eventos, como a Invasão Secreta, Reinado Sombrio e o Cerco de Asgard. Ele só retornaria ao papel de Gavião Arqueiro na Era Heroica, quando viu que o mundo tinha lugar para mais de um Gavião Arqueiro – e a partir daí, começou a se aproximar de Kate Bishop, lutando ao lado da jovem “aprendiz”.

Ronin contra Skrulls na Invasão Secreta.

Contudo, vale lembrar que Clint não foi o primeiro e tampouco o último Ronin. Para quem não sabe, na cultura oriental, o Ronin é um samurai sem mestre, que não serve a ninguém e que vaga pelas aldeias protegendo os necessitados. Alguns se tornavam mercenários, uma vez que precisavam de empregos fixos para sustentar suas famílias. Eles foram extremamente utilizados na ficção, romantizados como heróis sem causa.

Nos quadrinhos, a primeira vez que conhecemos um Ronin foi com Eco, uma importante membro dos Novos Vingadores e aliada do Demolidor, que usava essa identidade para esconder seu alter-ego de Maya Lopez. Porém, ela foi morta por Elektra, que na realidade era uma Skrull disfarçada antes da Invasão Secreta. Após sua morte, Clint resolveu honrá-la usando o manto.

Posteriormente ao retorno de Clint como Gavião Arqueiro, outros também assumiram esse papel. Alexi Shostakov, o primeiro marido da Viúva Negra, utilizou o título para si próprio, enquanto liderava um esquadrão assassino. Após ser derrotado, o manto ficou um bom tempo em desuso, até ser adotado pelo Blade quando ele se juntou aos Poderosos Vingadores de Luke Cage. 

Eco, Alexi Shostakov e Blade como Ronin, respectivamente.

Contudo, o que isso deve significar para o Clint Barton dos cinemas, uma vez em que ele já foi “confirmado” no manto de Ronin através das imagens de Vingadores: Ultimato? Bom, tudo o que temos até agora são teorias e especulações de fãs, e as duas mais fortes se baseiam na mesma origem: a tragédia.

Alguns acreditam que, graças aos efeitos da Guerra Infinita, a esposa e os filhos do Gavião Arqueiro foram mortos na Dizimação de Thanos. Isso fará com que ele perca a cabeça e retorne como um Vingador mais sombrio e violento, e isso justificaria sua “ressurreição” como o Ronin. 

Já outra teoria, e que seguiria mais fielmente os quadrinhos, diz respeito a como a morte de um outro Vingador poderia afetar Clint. Segundo rumores, um grande herói pode morrer em Ultimatodeixando um grande vácuo na equipe. A suposição maior é a de que esse Vingador seja o Capitão América. Com isso, além da perseguição implantada pelos Acordos de Sokóvia – que são como um análogo da Lei do Registro nos cinemas – Clint deveria assumir o manto do Ronin como uma preservação de sua identidade, mas principalmente como uma demonstração de luto pela perda do amigo e aliado.

No entanto, algumas ideias contradizem essa teoria: primeiro que o herói parece ter se tornado o Ronin desde o início do longa e segundo que, após a catástrofe a nível universal, o governo não parece tão disposto a perseguir os heróis pelos Acordos. A maior possibilidade é que o herói esteja, de fato, lutando por sua família que, assim como o Homem-Aranha e o Doutor Estranho, devem ter virado pó.

Ainda não sabemos ao certo como isso de fato acontecerá, e por enquanto tudo não passa de rumores e especulações. Mas será definitivamente interessante ver um herói como o Gavião Arqueiro – que nunca teve grande destaque nos filmes – passando por uma ressurgência heroica, algo que pode vir a desenvolver melhor sua personalidade e seu papel no extenso Universo Cinematográfico da Marvel. Até lá, só podemos esperar o melhor por Clint Barton. 

Abaixo, veja as imagens dele com uma parte do visual do Ronin, vazadas do set de Vingadores: Ultimato:

Vingadores: Ultimato chega aos cinemas no dia 25 de abril de 2019.

Agora que a notícia acabou, aproveita para conferir o vídeo mais novo no nosso canal!

sobre o autor Gus Fiaux

20 anos, cineasta. Jovem Vingador honorário, Fugitivo em negação, estagiário na Alias Investigações e mutante nível ômega nas horas vagas. || @gus_fiaux