Capa da Publicação

Coringa – Diretor explica porque esse não é um filme comum de origem!

- – Não é só mais um filme de quadrinhos.

Por Guilherme Souza → Em breve, chega aos cinemas o primeiro filme solo do Coringa e como deu para notar, a produção não será um simples filme baseado em histórias em quadrinhos, sendo algo muito mais dramático e pesado, que pode render a Joaquin Phoenix, protagonista da trama, uma indicação ao Oscar de melhor ator.

Em uma recente entrevista, o diretor Todd Phillips, comentou um pouco mais sobre a trama do longa e explicou o que torna esse filme tão diferente dos demais filmes baseados em quadrinhos.

“Eu amo a complexidade do coringa e senti que valia a pena explorar a origem dele no filme, já que ninguém fez isso e mesmo no cânone ele não tem uma origem concreta,” explicou Phillips. “Então, o corroteirista Scott Silver e eu escrevemos um personagem complexo e complicado e mostramos como podemos nos envolver com ele… e então repudiar ele. Isso é o interessante pra mim – não é uma história do Coringa, mas a história de como se tornou o Coringa.”

O cineasta também fala um pouco das inspirações que teve para criar o roteiro do longa e cita a clássica história A Piada Mortal.

“O que era divertido nisso, é que pudemos escolher certos elementos dos quadrinhos e usar um pouco aqui e ali,” disse Phillips. “Então eu acho que tem um pouco de A Piada Mortal, com um comediante falido. Mas outra grande influência desse filme. é a coisa que inspirou os criadores originais do Coringa, que é o silêncio de O Homem que Ri, que foi como isso realmente começou.”

Como podemos ver, Phillips preferiu usar apenas alguns elementos vagos dos quadrinhos para compor o roteiro, preferindo se focar mais no lado humano do personagem e em sua vida antes de se tornar o Príncipe Palhaço do Crime.

Fique com imagens de Coringa em nossa galeria:

Coringa chega aos cinemas no dia 3 de outubro.

Fonte: CB

Imagem de perfil
sobre o autor Guilherme Souza

Outra grande manchete: 'Água, molhada!'