Capa da Publicação

Coringa – Diretor sabe que o personagem vai sofrer outro reboot de qualquer forma!

- – Ele explicou sua dificuldade em tentar convencer a Warner a produzir o filme!

Por Gus Fiaux → O Coringa é um dos maiores e mais populares vilões das HQs. O personagem passou por dezenas de reformulações, tanto nos gibis quanto na TV e nos cinemas. Em poucas semanas, conheceremos uma nova versão do Palhaço do Crime, através do filme dirigido por Todd Phillips. O longa deve se afastar bastante dos quadrinhos, criando uma versão totalmente original do personagem.

Recentemente, o diretor conversou com o LA Times, onde falou a respeito de sua visão para o personagem. De acordo com ele, parte do que o motiva é saber que o personagem já teve tantas versões dentro e fora dos quadrinhos, que basta os fãs olharem um pouco adiante para saberem que o vilão sofrerá outro reboot num futuro não muito distante:

“Sempre vai ter gente criticando, mas do que eu estou ouvindo do filme no momento e a reação ao teaser que exibimos, a maioria dos fãs parece estar bem animada por seguir uma estrada diferente. Mas também, esse não será o último filme do Coringa feito. Pode ser o último que eu e Joaquin faremos, mas alguém mais vai surgir no caminho e fazer outro, assim como fazem com o Homem-Aranha. Então, se você não gostar desse, não se preocupe: [o personagem] vai ser reinventado de novo.”

O diretor se aprofundou um pouco mais nessa questão, e falou sobre como ele aproveitou que o personagem já foi recriado diversas vezes para produzir uma versão totalmente única e original do vilão. Ele ainda chegou a comparar as HQs de super-heróis a um grande clássico da literatura de língua inglesa:

“Isso é o que há de divertido nesses personagens. De certa forma, HQs são nosso novo Shakespeare e, assim como há várias versões de ‘Hamlet’ e ‘Macbeth’, eles já fizeram quatro ou cinco versões do Coringa nos últimos 25 a 30 anos. Então, por que não fazer outro completamente diferente?”

Mas essa visão “original” trouxe algumas complicações – ainda mais levando em consideração como o personagem é vendido para crianças pela DC Comics. Todd então falou sobre como teve vários obstáculos ao “vender a ideia” do filme para a Warner Bros., que passou mais de um ano até aprovar a produção do longa:

“Foi um processo que durou um ano, desde que terminamos o roteiro até tentar convencer as pessoas da Warner com essa visão, porque eu apresentei o filme para uma equipe bem diferente e então o fiz. Havia e-mails do tipo: ‘Você tem noção de que vendemos pijamas do Coringa na Target [rede de mercados americana]?’ Surgiram zilhões de obstáculos, mas você meio que tem que navegar por um de cada vez… Na época, eu os xingava mentalmente todas as vezes. Mas então, eu tive que colocar tudo em perspectiva e pensar: ‘Eles são muito corajosos e precisam fazer isso.'”

Mas toda a ideia parece estar dando resultado. Coringa está sendo elogiadíssimo pelos organizadores dos Festivais de Toronto e de Veneza (que são grandes termômetros para o Oscar). Ele deve estrear nos dois, e a antecipação dos fãs e até mesmo do público leigo está muito alta, o que pode ser um ótimo indício para o futuro do personagem.

 

Veja também: Coringa – Novo trailer mostra ainda mais da história do filme do vilão!

Na galeria a seguir, fique com cartazes de Coringa:

Coringa chega aos cinemas no dia 3 de outubro.

Imagem de perfil
sobre o autor Gus Fiaux

Formado em Cinema e Audiovisual pela Universidade Federal de Pernambuco. Wouldst thou like to live deliciously? || @gus_fiaux