Capa da Publicação

Eu Sou a Lenda – Revelado como seriam os monstros da adaptação cancelada de Ridley Scott!

- – Assustadores!

Por Lucas Rafael Eu Sou a Lenda é um clássico da literatura de horror e ficção científica. No livro original, vemos o único sobrevivente humano em meio a um apocalipse vampírico. Em 2007, fomos brindados com o filme de Francis Lawrence estrelado por Will Smith. A obra substituía os vampiros por zumbis e tomava diversas liberdades narrativas.

Uma década antes da versão com Smith, o célebre diretor Ridley Scott, conhecido por clássicos como Alien, Blade Runner e Gladiador, trabalhava em sua adaptação do livro de Richard Matheson. Eventualmente, Scott acabou abandonando o projeto.

Agora, o artista Alec Gillis revelou através de seu instagram o visual que havia desenvolvido para as criaturas do filme de Scott. Se tratam de peças-teste de maquiagem que ainda estavam passíveis de aprovação para aparecerem no filme final.

Gillis compartilhou pedaços de trívia sobre o filme que jamais existiu:

“A versão de Ridley Scott para Eu Sou a Lenda teria Arnold Schwarzenegger como protagonista e traria os “hemocidas” feitos através de personagens com maquiagem. Acho que fizemos o design aí por 1997 […] Ridley fora influenciado por figuras de cera do século 17. Fizemos um teste em uma mulher para mostrá-la em alguns estágios da infecção […] Pouco depois de filmarmos o teste, o estúdio decidiu não fazer o filme. O orçamento estava chegando em 10 milhões acima do desejado. Foi tudo arquivado até a versão de Francis Lawrence/Will Smith anos depois. Fizemos uma entrevista para aquela versão mas não existia interesse em efeitos práticos de maquiagem.”

O filme de 2007 trazia as criaturas sendo feitas através de computação gráfica ao invés de efeitos práticos. Os fãs do livro não curtiram muito o longa, embora ele tenha desempenhado muito bem na bilheteria.

Confira as criaturas feitas por Gillis para a versão cancelada de Eu Sou a Lenda através da galeria abaixo:

Imagem de perfil
sobre o autor Lucas Rafael

Entusiasta de coisas demais