Capa da Publicação

Gotham – Origem da “Arlequina” na série é revelada!

- – Um pouco diferente da que conhecemos…

Atenção: Alerta de Spoilers!

Ministério Anti-Spoilers adverte: Se não quiser receber spoilers sobre esse assunto, não continue lendo.

Por Lucas Rafael → A proposta de Gotham é servir como uma prequela para a mitologia do Batman, explorando como surgiram diversos criminosos da cidade enquanto a trama prepara terreno para a transformação de um jovem Bruce Wayne no Morcego que conhecemos. Após a origem da Mulher-Gato, agora temos a revelação de como a Arlequina da série enlouqueceu.

Até então, Ecco (Francesca Root-Dodson) era uma mera ajudante de Jeremiah Valeska, uma versão da série do Coringa. Agora, ela voltou para a a série com trajes vermelhos e brancos que ecoam fortemente a estética da Arlequina. Para completar o pacote, ela está louca, sendo obviamente a versão de Gotham para a Harley Quinn. A origem da personagem sofreu algumas alterações severas quando comparada aos quadrinhos, no entanto.

Em Gotham, Ecco nunca foi a psicóloga de Jeremiah, ainda que esteja perdidamente apaixonada pelo personagem. No entanto, a origem da loucura dela não é o Coringa.

Aqui, ela ajuda Jeremiah na administração de um culto, cujo ritual de iniciação consiste nos membros jogarem roleta Russa. Ecco afirma para Selina que encarar a morte é divertido, o que faz Selina afirmar “Se é tão divertido, por que você não tenta?

Ecco revela então que jogou a roleta Russa, que levou um tiro atrás da cabeça, e que sobreviveu. Ela mostra uma cicatriz profunda, afirmando que a bala ainda rola por sua cabeça. Ela dá a entender que a bala em sua cabeça é o motivo de sua insanidade.

Além do traje revelado, Ecco usa uma das frases icônicas da Arlequina ao lutar contra Selina, afirmando que a personagem é um “Pudim delicioso“.

Confira uma imagem de Ecco em Gotham através da galeria abaixo:

No brasil, Gotham é exibido pelo Warner Channel.

Via: CB

Agora que a notícia acabou, aproveita para conferir o vídeo mais novo no nosso canal!

sobre o autor Lucas Rafael

Entusiasta de coisas demais