Capa da Publicação

Gotham – Revelada origem de Selina Kyle como a Mulher-Gato na série!

- – Ela ganhou poderes místicos!

Atenção: Alerta de Spoilers!

Ministério Anti-Spoilers adverte: Se não quiser receber spoilers sobre esse assunto, não continue lendo.

Por Lucas Rafael → A proposta de Gotham sempre foi servir como uma preparação de terreno, uma prequel para a mitologia do Batman. Desde a primeira aparição de Selina Kyle (Camren Bicondova) na série, já sabíamos que ela iria eventualmente se tornar a Mulher-Gato. O momento finalmente chegou.

Ao final da quarta temporada de Gotham, Selina foi baleada por Jeremiah Valeska. Após uma cirurgia de emergência, os médicos acreditaram que Selina ficaria paraplégica pelo resto de sua vida. O fato deixa a personagem desamparada, fazendo com que ela tente se matar ao final da quinta temporada. É aí que Bruce Wayne intervém para salvar sua amiga, criando uma de suas maiores anti-heroínas no processo.

Bruce descobre que existe uma bruxa capaz de ajudar Selina. No último episódio de Gotham, é revelado que tal bruxa se trata de Hera Venenosa. Ela dá para Bruce uma semente com propriedades mágicas. Segundo as instruções de Hera, quem consumir a semente terá suas feridas curadas, embora será transformado internamente para sempre, com seus “anjos mais sombrios” sendo liberados.

Bruce até fica com um pé atrás, mas Selina não se importa. Ela come a semente e tem uma convulsão. Após o choque passar, a personagem se estabiliza e recupera a capacidade de andar novamente. Bruce abraça Selina, contente pela personagem poder se locomover como antes.

É aí que as coisas ficam intensas. Selina olha para a lua, com seus olhos assumindo tons esverdeados, similares aos de um gato. Seus demônios estão soltos e ela está prestes a se tornar a Mulher-Gato. A personagem ainda afirma de forma ominosa que se sente melhor do que nunca.

Confira a imagem dos olhos de Selina através da galeria abaixo:

Via: CB

Imagem de perfil
sobre o autor Lucas Rafael

Entusiasta de coisas demais