Capa da Publicação

Homem-Aranha: Longe de Casa – Marvel Studios não deve desfazer grande surpresa no final do filme!

- – E agora, quem poderá nos defender?

Atenção: Alerta de Spoilers!

Ministério Anti-Spoilers adverte: Se não quiser receber spoilers sobre esse assunto, não continue lendo.

Por Guilherme Souza Homem-Aranha: Longe de Casa narra os eventos que acontecem após o fim de Vingadores: Ultimato, mostrando o mundo se recuperando das mortes e retornos causadas pelos estalares de dedos e Peter Parker tentando superar a morte de Tony Stark.

No longa, vemos o herói assumindo por completo a vida de um super-herói, além de ter que se decepcionar com o Mystério, um personagem que, inicialmente, se apresenta como um amigo, mas que acaba se revelando como um dos maiores vilões que Parker já enfrentou.

Ao final do filme, durante a primeira cena pós-créditos, vemos que Mystério colocou Parker em uma bela enrascada, manipulando os eventos do confronto entre eles, fazendo parecer que o Homem-Aranha é quem foi responsável pela destruição em Londres e não ele. Além disso, o vilão também gravou uma mensagem revelando a identidade secreta do Homem-Aranha, algo que foi divulgado para o mundo através de um vídeo apresentado por J. Jonah Jameson, editor-chefe e âncora do Clarim Diário.

Ainda não sabemos como o Marvel Studios irá lidar com isso no futuro, mas parece que eles não estão dispostos a desfazer isso. Como vimos no passado, o estúdio e seu presidente, Kevin Feige, não têm medo de tornar eventos grandiosos em algo permanente e lidar com as consequências disso, como por exemplo, a S.H.I.E.L.D. sendo destruída ou o salto temporal de cinco anos entre os eventos de Vingadores: Guerra Infinita e Vingadores: Ultimato.

Durante a turnê promocional de Ultimato, o roteirista Stephen McFeely falou um pouco sobre esse desejo de Feige em tornar esses eventos permanentes:

“Ele sempre estava nos pressionando por um grande salto temporal e fazer isso tudo permanente. ‘Faça. Lidaremos com isso e fará com que tudo fique mais interessante. Por que você desfaria algo e começaria do zero? Se voltarmos cinco anos e desfizermos, são cinco horas e meia de filme que meio que não servem pra nada. Você volta para o começo e nada disso existiu.” 

No momento, podemos pensar em duas possibilidades para o futuro do Aranha nos cinemas. A primeira, é que ele conseguirá provar sua inocência e acabará se tornando um “super-herói celebridade”,  assim como Tony Stark. Já a segunda, mostrará o herói como um vilão para a opinião pública, colocando sua própria vida e a de seus entes queridos em perigo.

Por qual caminho será que o estúdio seguirá?

Fonte: CB

Imagem de perfil
sobre o autor Guilherme Souza

Outra grande manchete: 'Água, molhada!'