Capa da Publicação

Mestres das Trilhas Sonoras – John Williams!

- – Músicas que marcaram gerações e fizeram a diferença nos filmes.

Por Guilherme Souza Os filmes já nos levaram para galáxias distantes, nos fizeram acreditar que um homem pode voar e podem nos fazer rir ou chorar, mas muitos deles ficam marcados pelas músicas que acompanham cenas importantes ou que servem como um tema por trás de uma grande franquia. 

É muito fácil nos lembrarmos de filmes como o Superman de Richard Donner, do Tubarão de Steven Spielberg ou do Star Wars de George Lucas simplesmente ao ouvirmos suas músicas-tema, contudo, todas essas músicas possuem algo em comum: todas foram compostas por John Williams

Hoje, iremos falar um pouco sobre a vida e a carreira de um dos maiores compositores que a indústria cinematográfica já conheceu.

Nascido em Nova York, Williams se mudou para Los Angeles com sua família, onde terminou seu ensino médio e ingressou na Universidade da Califórnia para estudar música. 

Antes de se tornar um compositor, Williams serviu a força-aérea americana, onde além de fazer o treinamento militar, também participou da banda, onde tocou piano e baixo e compôs algumas canções.

Desde muito cedo, o talento de Williams foi reconhecido, afinal, sua primeira indicação ao Oscar veio em 1967 com o filme Vale das Bonecas, feito que ele repetiu em 1969, até que ganhou sua primeira estatueta em 1971 com o longa Um Violinista no Telhado, mas as indicações e vitórias não pararam por aí. 

Ao longo de sua carreira, Williams se tornou um grande parceiro de Steven Spielberg e a amizade entre os dois começou logo no primeiro filme dirigido pelo cineasta, Louca Escapada, de 1974. Dali em diante, a dupla já trabalhou em 28 filmes e se preparam para o 29º, com a chegada do próximo Indiana Jones

Por falar em Spielberg, foi ele quem apresentou Williams para George Lucas, que estava em busca de um compositor para o primeiro filme da saga Star Wars. Mais uma vez, o trabalho dele foi certeiro e Williams concebeu a trilha de uma das maiores franquias cinematográficas da atualidade. 

Alguns anos depois, Williams se aliou a Richard Donner para levar ao cinema o primeiro grande filme baseado em um super-herói: Superman. É claro que seu talento fez com que, mais uma vez, ele criasse uma melodia que marcaria gerações e faria com que o longa fosse lembrado instantaneamente ao ouvirmos a música. Além disso, a música composta por Williams se tornou um dos símbolos do personagem, sendo reutilizada anos mais tarde em filmes como Superman: O Retorno e Liga da Justiça.

A carreira de Williams também abrange outras grandes franquias da Cultura Pop, tais como: Harry Potter, Jurassic Park e Esqueceram de Mim, mas seus trabalhos podem ser encontrados em inúmeros filmes de renome. 

Com 87 anos de idade, Williams ainda trabalha ativamente, seja compondo novas trilhas ou como maestro em concertos em que sua orquestra toca músicas de seu vasto catálogo. O compositor acumula 5 estatuetas do Oscar, 6 do Emmy, 4 Globos de Ouro e 23 Grammy

Ele com certeza deixará um legado enorme para o cinema e se tornou uma inspiração para tantos outros compositores famosos do ramo, tais como Hans Zimmer, Alan Silvestri e para os que ainda estão por vir. 

Fique com imagens de Star Wars: A Ascensão Skywalker, próximo filme que conta com composições de Williams, em nossa galeria:

Imagem de perfil
sobre o autor Guilherme Souza

Outra grande manchete: 'Água, molhada!'