Capa da Publicação

Mulan – Filme pode sofrer boicote após atriz fazer comentários sobre a situação de Hong Kong!

- – A atriz gerou controvérsias!

Por Gus Fiaux → Com previsão de lançamento para março do ano que vem, Mulan será mais um filme na leva de remakes em live-action das animações clássicas da Disney. Apesar das diversas mudanças em relação ao longa original, o filme conquistou alguns fãs após o lançamento de seu primeiro trailerPorém, após comentários da atriz Liu Yifei, o longa pode sofrer um boicote.

Recentemente, a atriz comentou em suas redes sociais que apoia as atitudes da polícia de Hong Kong. Para quem não sabe, o estado está passando por um verdadeiro tormento político nos últimos meses, após uma lei de extradição ser liberada, que força que supostos criminosos sejam levados à China para receber julgamento. No entanto, essa lei incentivou uma maré de violência generalizada, atingindo até mesmo pessoas inocentes.

Muitas pessoas no Twitter, sobretudo americanas, começaram a campanha #BoycottMulan, dando início a um boicote ao filme, por acreditarem que a atriz defende regimes opressores, como o da China. Alguns inclusive enviaram mensagens para a Disney, questionando a empresa a respeito da escalação da atriz, que supostamente “mancharia” a imagem do povo chinês.

Até o presente momento, nem a Disney e nem Liu Yifei responderam as críticas. O filme está programado para sair no dia 26 de março do ano que vem, e conta com a direção de Niki Caro, sendo o primeiro live-action da Disney de 2020 – e muito possivelmente o único, a não ser que A Pequena Sereia entre em produção ainda neste ano.

Veja também: A Lenda de Mulan – A verdadeira história!

Confira, na galeria abaixo, o primeiro cartaz do filme:

Mulan chega aos cinemas em 26 de março de 2020.

Imagem de perfil
sobre o autor Gus Fiaux

Formado em Cinema e Audiovisual pela Universidade Federal de Pernambuco. Wouldst thou like to live deliciously? || @gus_fiaux