Capa da Publicação

The Boys – Nova série de heróis vai satirizar os filmes de Zack Snyder!

- – A série vai “cutucar” bastante a Marvel e a DC!

Por Leo Gravena → Baseado nos quadrinhos de Garth Ennis (Preacher), The Boys, a nova série de super-heróis da Amazon, vai mostrar um grupo de super-heróis que na verdade são super-humanos sociopatas com complexo de Deus  e são patrocinados por uma companhia chamada Vought, que além de de financiar os heróis e permitir que eles reinem livremente no mundo, também produz franquias de filmes destes heróis.

Com o grande impacto de filmes de super-heróis em nossa cultura, o showrunner da série, Eric Kripke, disse que os filmes feitos no universo da série serão inspirados nos de Zack Snyder.

“Toda vez que eles vão fazer um filme de super-heróis, eles estão fazendo um filme do Zack Snyder. Nas coisas que a Vought faz, fomos inspirados mais pela DC que a Marvel. As coisas da Marvel, na verdade, parecem ser mais realísticas, mas as coisas da DC tendem a ficar um pouco pretensiosas e queríamos que os heróis da Vought fossem um pouco cheios de si mesmos. 

No mundo de The Boys, os heróis embraçam o lado mais sombrio de sua fama, o que faz com que um grupo de vigilantes conhecidos como The Boys decida se unir e derrubar esses heróis corruptos. Porém, Kripke deixa claro que não vai apenas ficar cutucando a DC: “Provavelmente estamos zoando bem mais com a Marvel”. 

As comparações com os heróis da DC vem já do material fonte, no qual Ennis fala sobre a cultura de quadrinhos através de personagens como Queen Maeve (inspirada pela Mulher-Maravilha), Black Noir (Batman) e o The Deep (Aquaman). O showrunner explicou para o EW que “De Garth e o [artista] Darik [Robertson], eu acho que mesmo naquela época eles estavam mais interessados em criticar a DC do que a Marvel. Acho que, mesmo na época, as pessoas da DC eram colocadas como esses deuses, enquanto os heróis da Marvel sempre foram mais pessoas normais”. 

Confira abaixo algumas imagens da série:

The Boys estreia no Amazon dia 26 de julho.

Imagem de perfil
sobre o autor Leo Gravena

Editor-Chefe | @LeoGravena
"...It was never going to be okay..."