Capa da Publicação

Vingadores: Ultimato – Kevin Feige confirma que o Capitão América poderia ter levantado o Mjolnir em “Era de Ultron”!

- – Sempre foi muito digno!

Por Guilherme Souza → Em Vingadores: Ultimato, vimos o Capitão América recriando momentos clássicos dos quadrinhos ao levantar Mjolnir, o martelo do Thor, e usá-lo no confronto contra Thanos, o que foi algo épico. Acontece que antes de usar o martelo em combate, Steve Rogers já havia dado indícios de que era digno de usá-lo durante uma das cenas de Vingadores: A Era de Ultron.

Na ocasião, Rogers foi o único que pode mover o Mjolnir, mas não o levantou, o que fez com que muitos acreditassem que o segredo que ele guardava sobre as mortes dos pais de Tony Stark faziam com que sua dignidade não fosse integral, mas parece que não foi bem isso.

Embora os diretores Anthony e Joe Russo já tenham confirmado que Steve sempre foi capaz de erguer o Mjolnir, durante um recente jogo de perguntas e respostas no Reddit, Kevin Feige, presidente do Marvel Studios, reforçou a afirmação, ao dizer que ele só “estava sendo educado” na época de A Era de Ultron.

1 – Jonathan Schwartz, produtor da Marvel Studios, sempre está passeando pelo Reddit e me conta o que acontece aqui.

2 – O Meu arco narrativo favorito é o de Tony Stark.

3 – Estamos vindo com maneiras novas e divertidas de explorar o mundo do Universo Cinematográfico Marvel.

4 – Nós acreditamos que o Capitão mérica sempre foi digno e estava sendo educado em A Era de Ultron.

5 – Eu assisti uma sessão de Vingadores: Ultimato com o público comum e foi uma das experiências mais incríveis da minha vida.

A declaração dos diretores e do executivo faz sentido quando levamos em consideração o fato de que, ao ver o Capitão usando o martelo, Thor grita animadamente a frase “Eu Sabia!”, indicando que ele já sabia que o colega de equipe também era digno de erguer o martelo.

Fique com imagens de Vingadores: Ultimato em nossa galeria:

Fonte: CB

Imagem de perfil
sobre o autor Guilherme Souza

Outra grande manchete: 'Água, molhada!'