Capa da Publicação

Vingadores: Ultimato – Robert Downey Jr se recusou a dizer as últimas palavras do Homem de Ferro!

- – Uma abordagem mais minimalista.

Por Guilherme Souza Vingadores: Ultimato foi recheado de momentos emocionantes, mas uma das cenas que é praticamente impossível segurar as lágrimas é a que confirma a morte de Tony Stark. Depois de tantos anos em cena e atuando como a peça central do Universo Cinematográfico Marvel, o personagem interpretado por Robert Downey Jr. certamente deixará saudades.

Mesmo não falando nada antes de sua morte, a cena foi extremamente emocionante e cheia de significado, mas de acordo com o roteirista Stephen McFeely, o fato de Stark não falar nada foi uma decisão feita pelo próprio Downey Jr., que queria fazer algo mais minimalista e simbólico.

“É por isso que tudo é uma dança e porque os filmes são a arte mais colaborativa que existe. Muitas vezes, estamos em uma sala com os diretores Joe e Anthony Russo e com a produtora executiva Trinh Tran e o produtor Kevin Feige e estamos tentando encaixar as coisas,” disse McFeely.

 

“Mas além disso, esses atores passaram muito tempo com esses personagens. Então o Chris e eu estamos muito felizes e escrevemos todo o tipo de coisas adoráveis para Tony dizer antes de morrer. Mas o Robert não ficou feliz em falar elas, certo? O Robert queria que – e sabia disso por instinto – um cara que falou tanto por tantos filmes, te deixaria de coração partido quando você vê que ele não fala mais.

 

“E ele sabia disso, e nós sentíamos que não podíamos virar a página onde ele não falou,” continua McFeely. “Então ele disse, ‘Ouça, eu quero fazer muito menos,’ e ele estava certo.”

O ator certamente estava certo e deixou a cena ainda mais impactante. Além disso, seu silêncio se complementa com a cena que acontece minutos antes, onde ele se reafirma como o Homem de Ferro.

Fique com imagens de Vingadores: Ultimato em nossa galeria:

Fonte: CB

Imagem de perfil
sobre o autor Guilherme Souza

Outra grande manchete: 'Água, molhada!'