Capa da Publicação

Watchmen – Produtor da série explica comentários polêmicos!

- – Vai ter críticas ao mundo real.

Por Leo Gravena → Watchmen estreia no final do mês na HBO, e as pessoas ainda estão inseguras do que esperar da série. Após o showrunner da série, Damon Lindelof ter dito que a história iria evitar “comentários morais” ao contar sua trama e trazer comentários sociais, muitos fãs ficaram com medo de que ele iria remover importantes elementos da história original, porém, durante a Comic Con de Nova York, o produtor explicou melhor o que quis dizer com isso.

A série vai se passar no mundo dos quadrinhos originais, porém irá abordar problemas atuais nas lentes desse mundo, segundo Lindelof, que também explicou o que ele quis dizer originalmente:

“Uma das coisas que me instigava no primeiro Watchman é que, claramente, Alan Moore estava moralizando o bem e o mal no mundo. Se você pegar um personagem como Adrian Veidt [o Ozymandias], tem uma ambiguidade moral nas escolhas que ele faz. 

 

O Adrian Veidt é um ‘vilão’ porque ele mata Edward Blake [o Comediante] e 3 milhões de pessoas inocentes? Ou ele é o ‘mocinho’ porque ele salvou o mundo? Esse é o tipo de moralidade que eu acho interessante no mundo de Watchmen, ao invés de algo como Os Vingadores ou a Liga da Justiça onde sempre tem mais de preto e branco. Os heróis e vilões de Watchmen são difíceis de se definir porque os vilões se veem como heróis. As decisões que fazemos são bem mais bagunçadas”.

Watchmen será produzida por Damon Lindelof (de Lost The Leftovers), e vai contar uma história situada diversos anos após o fim da graphic novel. Na história, Regina King interpreta a Irmã Noite, uma vigilante que precisa investigar o caso do surgimento de um grupo supremacista que usa a máscara do Rorschach como símbolo de sua revolução.

Confira abaixo algumas imagens da série:

Watchmen estreia no dia 20 de outubro, na HBO.

Imagem de perfil
sobre o autor Leo Gravena

Editor-Chefe | @LeoGravena
"...It was never going to be okay..."