Capa da Publicação

[CRÍTICA] Darksiders III – Uma Joia Mal Lapidada!

- – Darksiders III altera a fórmula da franquia apocalíptica… mas será que deu certo?

Por Lucas Rafael Daksiders nunca foi uma franquia conhecida por reinventar a roda. Se o primeiro título era uma espécie de Devil May Cry com pinceladas de Zelda, o segundo ampliava o escopo da franquia com elementos de RPG. Darksiders nunca ditou tendência, apenas se apropriava do que já existia e executava com dignidade, tecendo uma franquia memorável adornada de uma mitologia apocalíptica que envolve anjos e demônios.

A terceira incursão de Darksiders sacrifica a fórmula prévia da franquia em prol de um game no estilo Dark Souls. Será que foi uma boa?

O jogo foi testado em um Playstation 4.

Créditos: THQ Nordic/GunFire Games

Imagem de perfil
sobre o autor Lucas Rafael

Entusiasta de coisas demais