Arrow: 05.22 – O grande potencial para fechar com flechadas de ouro!

Capa da Publicação

Arrow: 05.22 – O grande potencial para fechar com flechadas de ouro!

- Arrow é o azarão nas séries de super-herói. Com a finale à caminho, a quinta temporada do Arqueiro Verde pode tomar o posto como a melhor desse ano, batendo até S.H.I.E.L.D.

Por Márcio JangarélliNão muito tempo atrás, se alguém falasse que amava Arrow, eu iria rir na cara da pessoa. De verdade. Desconsiderando todo esse blá blá blá de “ah, mas não é o Arqueiro de verdade” e “Batman Verde”, a terceira e quarta temporadas da série foram sofríveis ao extremo. Por isso, quando chegou o quinto ano e as coisas estavam indo REALMENTE bem, o medo da trama ir pro fundo do poço de novo estava à flor da pele.

Mas não foi o que aconteceu. Semana à semana, a produção mostrou que, se não aprendeu com os erros, descobriu como escondê-los, e entregou a melhor temporada da série junto do melhor vilão do Arqueiro. E olha que muita gente achava que nunca iriam superar o Merlyn.

No entanto, vamos guardar o resto das considerações para a finale. É hora de conversar sobre o penúltimo episódio desse ano, “Missing”, que colocou todas as peças no tabuleiro para um final magnífico.

Como era de se esperar, não, o Chase não se entregou tranquilinho no último capítulo. Ele tinha um plano – como sempre teve, em toda a temporada. O vilão quer rachar o Oliver de cima a baixo, de dentro pra fora, e não dá a mínima para o resto. Nesse caso, com a ajuda de Talia al Ghul e da Evelyn Sharp, ele recrutou a Sirene Negra para o seu time e sequestrou TODOS os membros do Team Arrow, os jogando no lugar mais icônico de toda a série: isso mesmo, meus amigos, o grand finale será em Lian Yu, onde tudo começou.

Assim, como previmos na semana passada, a falta do Rene no tribunal e na festa já era o início desse plano. Aqui, a primeira a sumir é a Dinah e eu estou louco para ver uma luta dela contra a Laurel Terra-2. Ao longo do episódio, vão Quentin e Thea (com a tristeza do Quentin ao descobrir a existência da Sirene). Curtis, Felicity e Diggle. Um ponto foda é notar como a Liga dos Assassinos da Talia é muito mais interessante que a do seu pai, mostrada na terceira temporada. Esses são mais ameaçadores: poxa, ela parou um carro com uma espada… você quer, Ra’s?

O plano era fazer o Oliver libertar o Chase, rachando mais um pouco a reputação do herói, enquanto o vilão o leva para o seu jogo final. E assim que o Arqueiro finalmente descobre que seu filho, William, também foi levado, não existem muitas escolhas né? Inclusive, quando o Chase diz, “Bom, você envolveu minha mulher, ela era inocente também”, que cena ótima!

Para coroar o capítulo, que teve as melhores cenas de ação da temporadae, se duvidar, da série, desde o segundo ano – se o Adrian tem uma equipe e sequestrou o time original do Oliver, o protagonista tem que buscar novos integrantes para a batalha final. Ele foi atrás do Flash? Sara? Supergirl? Isso ia levar muito tempo. Vamos recrutar alguns nemesis antigos.

Primeiramente, Malcolm Merlyn surge para o que pode ser sua tomada final em Arrow – quando o ator afirmou que não deve voltar para as próximas temporadas. Ele quer ver a Thea segura e, assim, forma novamente uma aliança com o Arqueiro. A melhor cena entre os dois é quando Malcolm diz, “Vai ser preciso um sociopata pra te ensinar isso”; sim, meus amigos, o Merlyn dá lição de moral no Oliver e isso foi incrível.

A terceira integrante da equipe é alguém que o público queria muito de volta na série desde que a Talia foi anunciada: Nyssa al Ghul retornou para um embate entre irmãs e facções da Liga dos Assassinos. Melhor parte: ela ainda chama o Oliver de “marido”.

E, para fechar o quarteto, faz algum tempo que vocês estão ouvindo sobre o retorno dele, mas entre ouvir e ver a coisa acontecendo, não tem nem como comparar a sensação: Slade Wilson, o Exterminador, é o último convidado para o “quase-Esquadrão-Suicida” do Arqueiro Verde.

Agora temos duas possibilidades: ou essa será a melhor season finale das séries de herói da CW, ou o maior coito interrompido. Esse episódio pode mostrar duas “Canários” lutando, o embate das irmãs al Ghul, Thea de volta à ação e sabe-se lá como será a relação entre Oliver, Merlyn, Slade e o Prometheus, mas tudo isso tem ar de épico.

É realmente poético todo esse arco de 5 anos de Arrow finalizar em Lian Yu. É um ponto final necessário para esse ciclo, abrindo alas para uma nova fase a partir da sexta temporada.

O que acharam do episódio? Como “Lian Yu” deve desenrolar na semana que vem? Ansiosos para a finale de Arrow? Não esqueçam de comentar!

Confira nossa galeria com imagens da season finale, “Lian Yu”:

O último episódio da quinta temporada de Arrow vai ao ar na próxima quarta, 24 de Maio. Não percam a nossa última review do quinto ano da série na próxima sexta, aqui na LH!

Agora que a notícia acabou, aproveita para conferir o vídeo mais novo no nosso canal!

sobre o autor Márcio Jangarélli

Assessor de Comunicação. Jornalista. Senhor dos Sonhos que não sonha. Madonna de Jakku.